10.06.2006

A diferença


Está em curso em França o processo interno de escolha da candidatura à Presidência da República que será apoiada pelo PS. A candidata Ségolène Royal lidera as sondagens. Os outros dois candidatos são Strauss-Kahn e Laurent Fabius. A maioria dos secretários das federações apoia Ségolène, mas alguns apoiam um dos outros dois candidatos. O PS francês publicou uma “carta de organização dos debates” que visa garantir a absoluta igualdade de tratamento interno dos três candidatos até ao dia do voto dos militantes e implica a realização de três debates televisivos organizados pelo partido nas cadeias parlamentares e três grandes debates regionais. São os militantes que vão decidir, em voto secreto, qual dos três candidatos deverá ser apoiado pelo partido nas próximas eleições presidenciais francesas. Se o PS português tivesse feito o mesmo nas presidenciais de 2006, Cavaco não estaria provavelmente em Belém.

Veja a carta interna do PS francês em
http://permanent.nouvelobs.com/dossiers/documents/Charte_organisation_interne%20.pdf

Helena Roseta

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home