10.19.2006

Congresso deve debater "sinais de crispação" no país

Hoje no "Público" em artigo assinado por Margarida Gomes.

"(...) Helena Roseta quer que o próximo congresso do PS, marcado para Novembro, em Santarém, reflicta sobre "os sinais de crispação" que vêm da sociedade - "os jovens sentem-se bloqueados, há sectores inteiros que estão a andar para trás" - por causa das políticas do Governo que estão a atirar os portugueses para uma "crise social grave". "Sentimos que há uma tensão grave na sociedade portuguesa. Há muitos grupos sociais que estão em situação de crispação, de inquietação e de interrogação que não são propriamente corporações, são grupos sociais muito importantes de que a sociedade não pode prescindir", denunciou, especificando: "Estou a falar de professores, de funcionários públicos em camadas muito alargadas da população que têm um papel muito importante a desempenhar e que se sentem hoje bloqueados e mal compreendidos."(...)"

Leia o artigo completo em:
http://jornal.publico.clix.pt/noticias.asp?a=2006&m=10&d=19&uid=&id=102982&sid=11376

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home